PM faz ação contra roubos de cargas

A Polícia Militar realizou, nesta quinta-feira (19), uma megaoperação de fiscalização de caminhões nas marginais dos rios Tietê e Pinheiros.

A ação teve como objetivo dar continuidade à redução dos indiciadores criminais, em especial o roubo de carga, bem como assegurar o cumprimento das normas de segurança previstas no Código Brasileiro de Trânsito.

Na quarta-feira o “Jornal da Região” mostrou o caso de um motorista de carreta de Jundiaí que foi sequestrado e o levaram para cativeiro em favela no bairro do Limão, na Capital. No mesmo dia, também na Rodovia dos Bandeirantes, outro caminhoneiro foi vítima de roubo e sequestro. Ele ficou até a noite desaparecido com a Polícia Rodoviária realizando buscas.

Em Jundiaí, o tenente coronel Malco, do 49º Batalhão, tem destacado equipes para combater os roubos nas estradas da região.

Nos trabalhos desta quinta-feira foram empenhados pessoal do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), 5º Batalhão de Polícia de Choque e Canil. Ao todo, foram mobilizados 102 militares, com apoio de 46 viaturas e cães farejadores.

Como resultado da ação, 140 caminhões foram fiscalizados, sendo 39 flagrados transitando sem as placas de identificação ou com elas sem condições de visibilidade.

Além disto, um caminhão foi flagrado com o seu sistema de controle de emissão de poluentes adulterado e um motorista foi conduzido ao 90º Distrito Policial por dirigir sob influência de álcool. O teste realizado acusou a concentração de 0,46 miligramas de álcool por litro de ar.

Durante as atividades foram registrados 192 Autos de Infração de Trânsito e sete caminhões foram removidos ao pátio de recolhimento de veículos do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP) por transitar em mau estado de conservação, comprometendo a segurança no trânsito.