Professor e estudante de faculdade presos em Jundiaí por pedofilia

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí prendeu em flagrante, na manhã desta quarta-feira (25), um estudante universitário e um professor, pela prática de pedofilia.

Nas casas dos dois presos os policiais apreenderam grande quantidade de mídias, HDs externos e computadores.

Os investigadores da DIG trabalharam em conjunto com a Polícia Federal, que conseguiu identificar mais de 200 usuários de sites que exibem fotos pornográficas ou salas que compartilham imagens.

A Polícia de Jundiaí encontrou fotos e vídeos de crianças nuas, em poses sensuais ou na prática de sexo.

Os indiciados vão ser processados e encaminhados para a Cadeia de Campo Limpo Paulista. Eles não possuem passagens criminais e são solteiros.

O professor tem 39 anos e o estudante tem 31 anos.

Os computadores, mídias e HDs foram apreendidos e serão encaminhados para uma das varas criminais do Forum de Jundiaí.

A operação ocorre simultaneamente nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.