Central de Monitoramento faz até 500 ligações ao dia

A Central de Monitoramento do COVID-19, que completou um mês de funcionamento no último dia 26, chega a realizar até 500 ligações ao dia aos pacientes diagnosticados com a doença. A Central dá apoio às 34 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Pronto Atendimentos que realizam o primeiro atendimento do munícipe.

Por meio das ligações, a equipe da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) identifica a situação de saúde do paciente, se tem sintomas, se sente melhoras ou não e se há alguém na família que é sintomático, para que a UGPS também possa fazer o acompanhamento da pessoa. Outra função do monitoramento é verificar se o paciente está respeitando o isolamento domiciliar e também informar o resultado do exame de COVID-19, positivo ou negativo.

“Com isso, nosso objetivo é fazer com que esses pacientes não transmitam a doença para seu grupo familiar, quebrando a cadeia de transmissão do vírus”, explica o gestor da UGPS, Tiago Texera.

O contato é feito por uma equipe de servidores da Atenção Básica e da Vigilância Epidemiológica – incluindo médicos, odontólogos e enfermeiros – que atua todos os dias da semana e até nos finais de semana quando necessário. “Desta forma fica mais fácil centralizar as informações referentes ao acompanhamento dos pacientes num único local e assim podemos mapear a cidade com mais clareza”, diz o gestor.

%d blogueiros gostam disto: