Prefeitura recolhe muito lixo reciclável das galerias do Vetor Oeste

As equipes da Prefeitura têm atuado no Vetor Oeste para prestar o atendimento emergencial aos moradores. No local, por conta da chuva forte na tarde dessa terça-feira (12) e de resíduos e recicláveis recolhidos por moradores, houve entupimento da vazão da água e algumas casas foram invadidas, com perdas que móveis e outros bens. As vistorias foram realizadas logo após o entupimento e repetidas ao longo desta quarta-feira (13).

Foram entregues pelas equipes do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do bairro – ligado à Unidade de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS) –  colchões e jogos de cama, kits de limpeza doméstica (com balde, saco plástico, sabão, esponja, água sanitária e detergente), kits de higiene pessoal, cestas básicas. Durante as visitas também foram feitas avaliações de riscos e apresentados aos moradores os serviços e benefícios disponíveis no Cras para atendimento.

“Buscando minimizar os impactos para a população, as equipes da UGADS, da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) e da Defesa Civil têm atuado neste e em outros pontos da cidade afetados. Seguimos atuantes e à disposição, dando como referência os Cras para que a população procure em caso de necessidades”, explica o gestor da UGADS, Roberto Araújo.

Equipes da Prefeitura vêm vistoriando o local desde essa terça (12)

A casa da Rosemary Anastácio foi uma das prejudicadas pela vazão de água. “Desde ontem a equipe do Cras tem agido rápido aqui. Eles trouxeram colchão, kit de limpeza, cesta básica e jogo de lençol. Durante a enchente eu entrei em desespero, mas o amparo veio logo em seguida”, explica Rosemary, que mora com o esposo e uma das filhas.

Mayara Nunes também mora no bairro, junto com o marido e quatro filhos, e também teve sua casa prejudicava pela chuva. “Fizemos uma força-tarefa aqui em casa, empurrando a água e barro com um rodo, mas, ao final, estávamos sem produtos de limpeza. O kit e o colchão que recebemos da Prefeitura vieram em boa hora”, compartilha a auxiliar de limpeza desempregada, ao lado da filha Raíssa, de sete anos. No Cras ela já acessava os atendimentos técnicos, o Banco de Alimentos e as doações de cestas básicas.

Limpeza
Imediatamente após o conhecimento da ocorrência, as equipes da UGISP iniciaram a limpeza das vias e das galerias com hidrojatemaneto, além do recolhimento do material. Na manhã desta quarta-feira (13), as equipes estiveram no local para inspeção das galerias. Também será feito estudo de microdrenagem no local para verificar a capacidade de drenagem das galerias existentes. Os coletores de recicláveis foram notificados para o correto armazenamento dos materiais para evitar novas ocorrências semelhantes, já que o período é de chuvas intensas e localizadas.

A Defesa Civil pode ser contatada pelos telefones 199 ou 4586-0666 e orienta que em caso de fortes chuvas, ventos e descargas elétricas, as pessoas evitem sair de casa, desliguem aparelhos eletrônicos das tomadas e se estiverem no trânsito ou na rua busquem abrigo em locais seguros. Os interessados em receber alertas meteorológicos da Defesa Civil devem enviar um SMS para o número 40199 com o Código de Endereçamento Postal (CEP) de interesse e terão seu número cadastrado.

Mayara: “kit de limpeza e o colchão que recebemos da Prefeitura vieram em boa hora”