Consulta ao Cartão Nacional de Saúde poder ser feita pela internet ou APP

Com a aproximação da data de início da vacinação contra o Novo Coronavírus, a população prioritária desta primeira fase – que vai até março (profissionais da saúde, quilombolas e indígenas, além dos idosos acima de 60 anos) deve se preparar com a documentação necessária para o tão esperado o dia da imunização contra o Novo Coronavírus. Além do CPF, o número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) agilizará ao usuário. Quem não tem o número registrado na carteira da Unidade Básica de Saúde (UBS), basta acessar o programa ConecteSus para a consulta.

“Esse número é o registro de saúde da pessoa no Brasil. Tanto quem faz parte da rede pública ou quem tem convênio deve estar registrado. Para evitar correria próximo à data de vacinação, basta acessar o site federal para verificar o registro. Caso a pessoa não tenha acesso à internet, parentes podem fazer a consulta por aplicativo via celular”, detalha a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Fauzia Abas Raiza.

O sistema é acessível pelo site https://conectesus-paciente.saude.gov.br/ ou pelo APP disponível para baixar gratuitamente nas lojas dos sistemas Android e iOs. Na página principal, basta inserir o campo CPF para que o processo seja iniciado e o cadastro realizado. A numeração pode ser impressa ou ser gerada imagem em aplicativo, da mesma forma que outros documentos eletrônicos como o título de eleitor e carteira nacional de habilitação.

“A posse desse número facilitará o registro das doses das vacinas contra a COVID-19 no sistema nacional, para o monitoramento da população, no entanto, apenas com o CPF já será possível fazer o registro do dado. Jundiaí irá entregar um cartão exclusivo de imunização contra o Novo Coronavírus, que deverá ser guardado e apresentado quando da imunização da segunda dose da vacina”, destaca a enfermeira da Vigilância Epidemiológica (VE) Maria do Carmo Possidente.

A cidade conta com estrutura montada para a recepção e oferta das doses aos públicos determinados pelos órgãos federal e estadual.