Cleo fala de Fiuk e de seus problemas com a tireóide

(Folhapress) A cantora e atriz Cleo Pires, 38, usou o stories do instagram para fazer um desabafo na noite desta sexta-feira (12) sobre as crises que tem por causa de sua compulsão alimentar e da Tireoidite de Hashimoto (doença autoimune que dificulta ingestão de certos alimentos).

Cleo disse que não é fácil quando Tireoidite de Hashimoto ataca e agradeceu à sua equipe que a ajuda em todos os momentos com apoio emocional, físico e psicológico. Ela explicou que quando tem crises fica sem forças, sem energia, seu corpo dói e não consegue fazer nada.

“Só que eu sou muito exigente, gosto muito de trabalhar e odeio faltar com meus compromissos, então, eu vou e sem minha equipe não sei se conseguiria fazer metade das coisas que eu faço. Principalmente quando a minha saúde está gritando. Então, eu amo vocês”, revelou a atriz.

A atriz falou ainda que não é fácil controlar a compulsão alimentar quando vem e que isso prejudica muito quem tem Hashimoto. Ela explicou que a compulsão não é por comer salada, mas coisas que tem lactose, glúten e açúcar.

“A compulsão e o excesso fazem a Síndrome do Hashimoto gritar. Você fica parecendo que está doente mesmo, acabada, parece que passou um trator em cima de você. Me deixa muito feliz de ter o apoio da minha equipe”, disse.
BBB21 Cleo pediu perdão por não estar conseguindo acompanhar a participação no BBB21 do irmão Fiuk, 30, devido as crises. Ela falou ainda sobre a depressão e Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) do irmão e do processo dele por tentar desconstruir de preconceitos e machismos.

“Sinto orgulho em ele ser um homem com tantos privilégios e querer desconstruir, entender como pode contribuir com o entorno dele através desses privilégios”, disse.

Dias antes, a atriz havia postado nas redes sociais que não concordava com a forma como o irmão tratou Juliette e que não passava o pano para as atitudes erradas dele. Acho que a gente tem que estar aqui para as pessoas que a gente ama quando elas erram. Mas também teve muita fake news, muitos prints falsos”, disse.

%d blogueiros gostam disto: