Sabesp afirma que regularizou abastecimento em Cabreúva

Durante a semana vários leitores do “Jornal da Região” reclamaram da água fornecida pela Sabesp na cidade de Cabreúva. Um dos leitores comentou que a água tinha cheiro de esgoto. Um outro comentou que havia vazamento de esgoto próximo da captação de água que abastece o município. A companhia informou na manhã deste sábado (27) que já resolveu o problema. Veja a nota da empresa:

“A Sabesp informa que houve alteração na água do manancial utilizado para abastecimento, ocasionando alterações no gosto e odor da água distribuída para parte da população de Cabreúva.

A situação do manancial já se regularizou e a Sabesp não mediu esforços para garantir a qualidade da água distribuída à população, comprovada por análises periódicas na Estação de Tratamento e no laboratório da Empresa.

A Companhia pede desculpas pelos transtornos e está à disposição pelo 0800-0550195.”.

Várzea Paulista

O leitor Paulo Fogaça reclama do vazamento de esgoto na Rua Antônio de Sando, altura do número 1385, no Jardim Buriti. Ele disse que reclamou três vezes no 0800 da Sabesp, mas ninguém apareceu para arrumar. O mau cheiro é insuportável e vem incomodando a todos.

A Sabesp informa que realizou, neste domingo, 28/2, os reparos na rede de coleta de esgotos da Rua Antonio de Sando, altura do número 1385, no Jardim Buriti, em  Várzea Paulista.

O local foi aterrado durante as obras de empreendimento residencial, ocasionando rachadura na tubulação da Sabesp.

A Empresa pede desculpas pelos transtornos e também conversou com o morador para explicar os procedimentos adotados, colocando-se à disposição pelos canais de atendimento oficiais.