Após fortes chuvas do final de semana, equipes vistoriam bairros

As equipes da Defesa Civil e da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos (UGISP) prosseguiram, nesta segunda-feira (8), realizando vistorias nas áreas com maior índice de precipitação acumulada nos últimos dias. Entre sexta-feira (5) e domingo (7) foram registrados 167 milímetros de chuva no município. O acumulado em março está em 189 milímetros. O volume de chuva esperado para todo o mês, considerando a média dos últimos 9 anos, é de 358 mm.

No Jardim São Camilo, foi realizada reunião entre os técnicos da Defesa Civil, da UGISP, da Fundação Municipal de Ação Social (FUMAS) e da empresa responsável pela obra de construção dos taludes e da escada hidráulica no bairro. Em decorrência da obstrução das canaletas que coletam a água pluvial do talude para a escada hidráulica – abaixo da rua Gerôncio da Silva -, foi registrado o encharcamento da camada superficial do terreno, na manhã do último domingo, com deslizamento da vegetação de pequeno trecho do terreno.  Por precaução, a Defesa Civil interditou o parque localizado entre dois taludes.

“Nas primeiras horas desta segunda-feira, retornamos ao local com os técnicos para estipular o planejamento de recomposição do talude e para a elaboração de relatório detalhado sobre a ocorrência. A UGISP também já iniciou a limpeza dessas canaletas. É importante esclarecer que o muro nas proximidades não apresenta risco. Contudo, em virtude do encharcamento do terreno, a área comum permanecerá interditada”, explica o coronel João Osório Gimenez, coordenador da Defesa Civil de Jundiaí.

As equipes da UGISP e da Defesa Civil também atuaram na avenida José Mezzalira, no Ivoturucaia, e na avenida João Batista Spiandorello, na Roseira, para promover a limpeza das ruas, verificação das tubulações e retirada de árvores e galhos cortados, após registros de alagamentos.

“Nossas equipes também estão percorrendo outras regiões, verificando a necessidade de retirada de galhos de árvores, promovendo a limpeza de locais atingidos. Observamos a importância de a população efetuar o descarte correto de lixo para evitar alagamentos ocasionados por obstruções em galerias de águas”, orienta o gestor de Infraestrutura e Serviços Públicos, Adilson Rosa.

ORIENTAÇÃO

Jundiaí permanece em estado de Atenção. Entre segunda-feira (8) e sexta-feira (12), um corredor de umidade proveniente da Amazônia criará condições para pancadas de chuva forte, seguidas por descargas elétricas e rajadas de vento. Segunda e terça-feira, serão os dias em que as chuvas serão mais generalizadas e se concentrarão na faixa leste paulista. Nos demais dias, o sistema vai perdendo força e as características de verão vão tomando conta gradativamente. Por conta desse cenário meteorológico e o solo já estar bem encharcado devido as precipitações dos últimos dias, o risco para transtornos continuará bem elevado, mesmo com acumulados não tão expressivos.

A Defesa Civil orienta que a população fique atenta e caso ocorra algum problema entre em contato com o órgão pelos telefones (11) 4586-0666 ou 199. É importante também que as pessoas evitem sair de casa e desliguem aparelhos das tomadas elétricas. Quem estiver no trânsito, deve procurar abrigo em locais seguros. O munícipe pode se cadastrar para receber alertas, mandando o CEP via SMS para o número 40199. O serviço é gratuito.