Motociclista morre ao cair na pista e ser atropelado

O morador da cidade de Salto, Carlos Pereira Galante, de 56 anos, morreu em acidente quando pilotava uma CG 150 pela Via Anhanguera, pista sentido Capital, Km 51, na região do bairro do Tijuco Preto, em Jundiaí.

Um morador de Cajamar, que dirigia um Palio, parou imediatamente no local quando viu o piloto caído ao lado da moto e passou a fazer sinalização para os demais veículos.

Mas, logo em seguida veio um Caoa Cherry / Tiggo de Jundiaí que o motorista não teve tempo de frear e bateu contra a motocicleta.

Na sequência veio um carro BMW, modelo 335I 3A91, que também não teve tempo de parar e atropelou o motociclista.

Uma equipe de socorro da concessionária AutoBAn esteve no local posteriormente, e constatou que o motociclista já estava morto.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí para ser necropsiado na manhã deste domingo (11) e deverá ser liberado à tarde para sepultamento em Salto.

A delegada Rúbia Fleming destaca que só uma perícia e exames necroscópico podem determinar a causa da morte do motociclista, se ele sofreu mal súbito antes da queda, se houve acidente com colisão ou “outra natureza”.

O caso será investigado pela equipe do 6° Distrito Policial da Vila Rami, em Jundiaí, a partir desta segunda-feira (12).

MATÉRIA ATUALIZADA NESTA SEGUNDA-FEIRA (12) – A informação correta é que o Palio parou para ajudar. O Cherry que bateu na moto.