Novas bases da Guarda reforçam segurança no Centro e na Ponte São João

O Centro da cidade e a Ponte São João passam a contar com reforço no patrulhamento realizado pela Guarda Municipal de Jundiaí (GMJ). As novas bases comunitárias serão utilizadas pelas equipes do Centro Seguro e Bairro Seguro, que fazem o policiamento comunitário nessas regiões da cidade. As novas viaturas foram adquiridas com recursos de emenda parlamentar destinada para Jundiaí pelo deputado Miguel Haddad.

Os primeiros dias de trabalho já apresentaram resultados positivos, com o aumento da sensação de segurança dos moradores, comerciantes e consumidores. Em sete dias foram feitas 47 abordagens e quatro pessoas detidas.

A segurança continua sendo prioridade da administração municipal neste segundo mandato. No triênio 2021/2023 estão programados pela gestão Luiz Fernando Machado investimentos de mais de R$ 30 milhões, com foco em inovação e inteligência dos serviços de segurança. A central de monitoramento terá dobrado o número de câmeras espalhadas pelos bairros da cidade, assim como serão adquiridos novos armamentos e equipamentos de proteção para os guardas. Uma moderna central de urgência e emergência, que reúne a GM, SAMU e Defesa Civil, será construída na Av. 14 de Dezembro, além de uma inspetoria e canil na região Oeste, cujas obras se iniciam em breve.

Bairro Seguro na Ponte São João recebeu acréscimo de Base Móvel

“Em apenas uma semana com a ampliação da equipe e intensificação nas rondas nessas duas regiões de grande circulação de pessoas foi possível interagir com os moradores e comerciantes e ampliar a sensação de segurança. De maneira integrada e em multiplataformas, a atuação da GM seguirá trabalhando para entregar ao munícipe um serviço de excelência”, comenta a gestora da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM), coronel Carla Basson.

Para a moradora na Ponte São João há 47 anos e presidente do Conselho de Segurança Leste (Conseg Leste), Andrea Bonamigo, o bairro começa a colher os bons frutos. “Os moradores da Ponte São João adoram o bairro e já perceberam que a sensação de segurança é maior, com as equipes da Guarda Municipal próximas, em circulação, conhecem os profissionais e isso proporciona a tranquilidade de saber onde buscar por ajuda”, conta.

Em dados

De acordo com levantamento estatístico da corporação, a média de atendimentos na região da Ponte São João no último ano foi de 70 ocorrências. “Em uma semana foram atendidas 12 ocorrências pelas equipes do Bairro Seguro na Ponte São João e 35 na região Central. Com a presença contínua da GM nesses locais, a tendência é a redução dos delitos”, comenta o comandante da GM, Benedito Marcos Moreno.

Proximidade com integrantes da corporação proporciona maior sensação de segurança