Itaú da Avenida Jundiaí é fechado devido Covid-19

A agência do Banco Itaú da Avenida Jundiaí, no bairro do Anhangabaú, em Jundiaí, está fechada para higienização nesta terça-feira (03).

De acordo com o banco dois funcionários estão com suspeita da Covid-19 e foram afastados de suas funções.

A previsão é de reabertura da agência na quinta-feira ou até antes, se os serviços de higienização forem concluídos.

O Itaú informa que os caixas eletrônicos continuam funcionando normalmente. Os clientes devem optar pelos serviços digitais.

Caso precise de alguma operação presencial, há outras agências operando normalmente no Centro, na Nove de Julho, na Ponte São João e na Vila Arens.

Bancários

“O tema de saúde sempre foi muito importante para o movimento sindical bancário. Com a pandemia, ganhou ainda mais importância”, afirmou o palestrante Mauro Salles, secretário de Saúde do Trabalhador da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contrraf-CUT).

Ele lembrou que assim que a pandemia do coronavírus (Covid-19) foi decretada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e o vírus tomou conta do Brasil, o Comando Nacional dos Bancários correu para negociar com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) para proteger a categoria. “Conquistamos rodízio, metade da categoria em home office, garantia de emprego e alguns protocolos que foram extremamente importantes para garantir que a tragédia não fosse tão grande na categoria. Esses cuidados se mantêm, pois, a pandemia não acabou. Outro movimento que a gente fez, foi vacina para todos e prioridade para os bancários.”

O secretário de Saúde do Trabalhador da Contraf-CUT revela que a pressão pela volta dos bancários vacinados já começou por parte dos bancos. “O acordo que tivemos com a Fenaban é que não haverá volta sem negociar os critérios, com um protocolo único mínimo de procedimento. Temos que continuar protegendo os trabalhadores de riscos à sua saúde.”

Outra preocupação apontada por Mauro Salles foi com os trabalhadores que ficaram com sequelas da Covid.