Louveira celebra os 100 anos da primeira viagem de um trem elétrico na América do Sul

Dia 24 de outubro de 1921. Há 100 anos, a cidade de Louveira era palco de um dos principais acontecimentos da história ferroviária mundial: a viagem do primeiro trem elétrico por uma grande ferrovia da América do Sul. 

O curto trecho entre Louveira e Jundiaí, percorrido por uma locomotiva da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, dava início a um novo momento: o uso de energia elétrica para movimentar os trens. Até então, somente a chamada maria-fumaça, ou as locomotivas à vapor, cortavam o país levando passageiros e cargas. 

Segundo registros históricos, foi graças ao engenheiro e dirigente da Cia Paulista, Francisco Paes Leme de Monlevade, considerado o pai da eletrificação ferroviária brasileira, que as ferrovias do país saíram da lenha e carvão e embarcaram nos volts, watts e amperes. 

Ainda em 1921, para gerar energia para as locomotivas elétricas do trecho Campinas- Jundiaí, foi construída a Subestação de Energia de Louveira. Em 1926, o local foi batizado com o nome de Monlevade. Após a mudança para o diesel, a subestação deixou de funcionar, sendo desativada em 1999.

Desde o início deste ano, a Prefeitura de Louveira tem trabalhado para concluir as obras de restauração da Subestação. Em breve, o imponente prédio histórico será aberto para visitação, consolidando-se como importante ponto turístico não apenas da cidade de Louveira, mas de todo o Brasil. 

Giro Vecchio

Em comemoração aos 100 anos do trem elétrico, a Estação Ferroviária de Louveira sedia no próximo domingo (24), o evento ciclístico Giro Vecchio. A ação, que vai reunir 100 ciclistas de todo o Brasil, traz um grande diferencial: só poderão realizar o trajeto do evento os participantes com bicicletas fabricadas até 1984. Todos estarão vestidos a caráter.

A concentração está marcada para às 9h30, na Estação Ferroviária de Louveira. O circuito será todo sinalizado com setas amarelas e terá aproximadamente 31 quilômetros com 540 metros de altimetria acumulada. A maior parte do trajeto é formada por asfalto, mas alguns trechos são de terra batida. Subidas e descidas se alternam a todo o instante. Destaque para os vinhedos ao longo do caminho. A previsão dos organizadores do evento é de que o trajeto seja concluído até 14h, quando o grupo retornará para o ponto de partida.  

A Paróquia Sagrado Coração de Jesus será responsável pelo comando da praça de alimentação, que funcionará na Estação no sábado (23) e domingo (24). 

Outra atração do evento, será a Expo Bike que estará aberta ao público durante todo o final de semana, das 8h às 17h horas.

Com informações da Prefeitura de Louveira

%d blogueiros gostam disto: