Defesa Civil interdita prédio após incêndio em Jundiaí

O coronel João Osório Gimenez Germano, diretor da Defesa Civil de Jundiaí, anunciou na tarde desta terça-feira (09) a interdição total do Edifício Azaleia, do condomínio Cidade Jardim, após incêndio ocorrido no segundo andar. Os moradores dos 120 apartamentos devem retirar objetos pessoais e ficar na casa de parentes, até a reforma de todos os itens de segurança, que podem estar comprometidos.

O coronel disse que a estrutura do prédio está boa. Mas a equipe técnica com engenheiros avaliou que houve danos às redes de energia elétrica, hidráulica, de gás e não se sabe as condições do que não está “aparente”.

A interdição total é uma medida de prevenção, para evitar que ocorram novos incêndios.

Como o fogo começou no andar de baixo, toda a fiação de energia elétrica deverá ser refeita e testada onde houve danos.

Na parte hidráulica também devem ser feitos testes para verificar se não há vazamentos.

A Comgás está prestando auxílio aos moradores.

Gimenez disse que há oito apartamentos por andar no Edifício que tem 15 andares. Pela primeira vez ocorre na cidade uma interdição total.

“Nós conversamos com os engenheiros da construtora. A estrutura está em ordem. Mas a fiação elétrica está toda comprometida”, comentou o coronel, preocupado que alguém vá usar uma vela na escuridão do prédio e possa provocar novo incêndio, sem abastecimento de água no Edifício.

A Prefeitura de Jundiaí deverá também adotar algumas medidas, inclusive com a publicação na Imprensa Oficial do decreto de interdição.

Os soldados do Corpo de Bombeiros continuam no prédio, auxiliando os moradores.

A Polícia Militar vai acompanhar os moradores na retirada dos pertences pessoais e objetos mais importantes.

Quem está trabalhando e não está no prédio, deve ir para casa para providenciar a retirada dos pertences.

Não há prazo para conclusão dos serviços de reparos e liberação do prédio.

Nota da Construtora

*COMUNICADO SANTA ANGELA

“Foi divulgada na data de hoje (09/11), pela imprensa do município e da região, a ocorrência de um acidente envolvendo uma das torres do empreendimento Nova Cidade Jardim.

Uma explosão, seguida de um incêndio acometeu um dos apartamentos, no Condomínio Azaleia, e, felizmente, sem óbitos entre seus moradores e demais habitantes do empreendimento. O Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil compareceram ao local para as providências emergenciais e comunicaram, posteriormente, a SANTA ANGELA.

Representantes da construtora compareceram ao local e projetistas serão acionados para averiguação da extensão dos danos na torre. A causa do acidente será investigada pelas autoridades locais, mas há suspeita de que o acidente tenha sido provocado pela higienização de um sofá com produto químico.

A SANTA ANGELA se solidariza com todos os moradores.”

 

Nove pessoas foram socorridas após explosão em apartamento

Delegado abre inquérito para apurar causa do incêndio em apartamento

 

Comgás esclarece que não foi sua rede a causa para explosão

Fogo em apartamento mobiliza bombeiros ao Cidade Jardim

 

 

%d blogueiros gostam disto: