Caminhoneiro morre prensado em posto de combustíveis

O caminhoneiro Valcir Canônica, de 44 anos, morador em Santa Catarina, morreu na manhã desta terça-feira (21) prensado entre duas carretas, sendo que uma delas fazia manobras no Posto 3 Irmãos, na Rodovia Dom Pedro 1º, em Itatiba.

O motorista do caminhão Iveco Stralis 600SW44T EM, de Curitiba, no Paraná, de 34 anos, informou à Polícia Civil que fazia manobras no pátio do estacionamento do posto e não viu a vítima à sua frente, em “ponto cego”, prensando o caminhoneiro.

Ao ser alertado do atropelamento, ele ficou em choque. Outros caminhoneiros que estavam no posto ligaram para os serviços de emergência.

Uma equipe de Resgate com UTI a bordo da concessionária Rota das Bandeiras compareceu ao local, para prestar atendimento à vítima. Mas o médico doutor César constatou o óbito.

A Polícia Rodoviária requisitou imagens do posto, para o inquérito policial, mas foi informada de que as câmeras não gravam.

O delegado de Itatiba, José Mário de Lara, pediu a perícia da Polícia Científica no local dos fatos, com produção de laudo sobre o acidente. Também determinou fiança de R$ 6 mil ao motorista de Curitiba, pela prática de Homicídio Culposo (sem intenção), sendo pago o valor para responder processo em liberdade.

O corpo de Valcir Canônica foi encaminhado pela funerária de Itatiba para exames necroscópicos no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e ficará em uma geladeira aguardando o comparecimento de familiares para traslado para o Sul do País.

 

%d blogueiros gostam disto: