Confiantes e proativos: como a geração Z desenvolve habilidades em sala de aula

Pense em uma escola em que, além dos problemas matemáticos, os professores ensinassem seus alunos a resolverem conflitos da “vida real” e a terem sucesso nela. Parece difícil e até utópico de crer, mas segundo a metodologia Líder em Mim, utilizada nas maiores instituições de ensino no mundo, as matérias básicas do currículo escolar não são o suficiente e é preciso educar as crianças por completo, ensinando valores como criatividade, colaboração, como lidar com outras pessoas e responsabilidade, entre outras habilidades socioemocionais, para que isso seja possível.

O programa foi desenvolvido pela Franklin Covey Co., nos Estados Unidos, baseado no consagrado livro “Os 7 hábitos de pessoas altamente eficazes” e adaptado à realidade brasileira.

“Em poucas palavras, o Líder em Mim incentiva os alunos a acharem seus próprios dons e destaca que cada criança é um líder em potencial. Acreditamos firmemente nisso”, conta Harold Walker, mantenedor da Escola Cristã Jundiaí, recém certificada como Escola Farol pela Franklin Covey.

Existem sete passos básicos instigados em sala que são os “pilares” do método e criam uma linguagem comum, facilitando a comunicação entre alunos e professores:

Hábito 1: seja proativo

Hábito 2: comece com o objetivo em mente

Hábito 3: faça primeiro o mais importante

Hábito 4: pense ganha-ganha (ou seja, o aluno precisa resolver possíveis conflitos de forma que ambas as partes saiam ganhando)

Hábito 5: procure primeiro compreender, depois ser compreendido

Hábito 6: crie sinergia

Hábito 7: afine o instrumento (ache um equilíbrio entre corpo, cérebro, coração e alma)

De acordo com a diretora do colégio, Rosângela Jayme, a metodologia também é um instrumento de inclusão entre os estudantes. “Crianças com dificuldade de aprendizagem, autismo, ou muito tímidas, por exemplo, costumam se identificar com o método, em especial, porque os professores são instigados à parceria, descobrindo juntos em quais aspectos os alunos mais se destacam, criando incentivos”, explica.

O programa Líder em Mim está presente em cerca de 3.500 escolas em mais de 50 países ao redor do planeta, desenvolvendo as habilidades fundamentais para enfrentar os desafios do século XXI. Cada vez mais os alunos se tornam proativos, empáticos, organizados e aprendem a trabalhar em grupo, além de construir e manter relações interpessoais saudáveis. A liderança exercida de dentro para fora é o principal objetivo.

%d blogueiros gostam disto: