Autor teria atirado em Gleiciane por ciúmes

Amigos da jovem que foi morta com um tiro no peito em chácara do bairro Santo Antônio, em Itatiba, no último domingo (26), contaram ao “Jornal da Região” que acreditam que o autor do assassinato agiu por ciúmes.

Gleiciane da Silva Souza, de 27 anos, era solteira e trabalhava em uma empresa de Itatiba.

Ela foi com amigos se divertir em uma chácara alugada.

A jovem dançava com outro rapaz que não tinha relacionamento algum com ela, quando o autor sacou de um revólver e disparou um tiro.

A vítima foi atingida no peito, caiu no chão e foi socorrida por soldados do Corpo de Bombeiros de Itatiba até a Santa Casa, onde foi constatado o óbito.

Um dos amigos dela contou ao “Jornal da Região” que a jovem era alegre, amiga de todo mundo e o autor pode ter agido por ciúmes, porque ela estava dançando com “outro”.

O delegado da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, Rafael Diório Costa, pediu à Justiça de Itatiba a prisão do autor, que está foragido.

Ele usou um Uno para ir até sua residência no Núcleo Residencial Erasmo Chrispím, logo após o tiro contra a vítima. Mas a Polícia não conseguiu localizá-lo.

O corpo de Gleiciane foi transportado para sepultamento no Maranhão, depois de passar por exames necroscópicos no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí.

%d blogueiros gostam disto: