Mês do Patrimônio tem programação especial e curso gratuito de restauro

O Mês do Patrimônio Histórico e Cultural deste ano traz em sua programação um curso gratuito de restauro, com oficinas teóricas e práticas, realizadas na Ponte Torta e na Fábrica das Infâncias Japy.

Serão disponibilizadas 20 vagas gratuitas, preenchidas por ondem de inscrição em formulário on-line. O curso é destinado a maiores de 18 anos (ou menores, em formação de cursos afins com o tema), entre profissionais das áreas de Arquitetura e Restauro, estudantes de Arquitetura e Engenharia Civil e interessados por preservação do patrimônio cultural.

O curso terá duração de 20 horas, em três dias de atividades, sempre das 9h às 12h e das 13h30 às 17h, com encontro no Complexo Fepasa e na Ponte Torta na próxima quarta (03) e na Fábrica das Infâncias Japy (rua Lacerda Franco, 175, Vila Arens) na quinta (04) e sexta-feira (05).

A parte teórica da atividade será conduzida pelo professor e restaurador Joalison Almeida. Já a parte prática, que compreenderá cerca de dois terços da carga horária, com a arquiteta e Professora Mestra Maria Vitória Fischer.

“Durante as atividades práticas, serão abordados restauros em pichações e a recuperação de materiais em geral, tijolos aparentes e esquadrias metálicas, por exemplo, não só de edificações antigas, mas também modernas, o que torna a atividade interessante também para comerciantes e proprietários de imóveis em geral”, explica o diretor do Departamento de Patrimônio Histórico da Unidade de Gestão de Cultura, Elizeu Marcos Franco.

As atividades são totalmente gratuitas, inclusive com o fornecimento do material necessário. Serão também fornecidos certificados de participação para quem tiver cumprido pelo menos 75% do curso.

O simpósio
Foi prorrogado para o dia 07 de agosto (domingo) o prazo para submissão on-line dos artigos para o 10º Simpósio sobre Patrimônio Material e Imaterial, programação que compõe o Mês do Patrimônio.

Assim como o Mês do Patrimônio, o Simpósio traz como tema “Memória, Identidades e Patrimônio Cultural na Modernidade” e recebe artigos nos seguintes eixos temáticos: “Identidades, territorialidades e patrimônio histórico cultural: construindo modernidades”, “Educação patrimonial e os modernismos” e “Turismo, Hospitalidade e Lazer: o patrimônio da era moderna como atrativo turístico e espaços de lazer e eventos”.

%d blogueiros gostam disto: