Guarda Municipal de Cajamar mata dois após discussão sobre jogo do Corinthians

O guarda municipal de Cajamar, Paulo Alexsandro de Souza, de 44 anos, matou com tiros de revólver Jader Marcelino Adão, de 35 anos e Wellington Rodrigues Santos, de 34 anos, após discussão relacionada ao jogo do Corinthians x Flamengo, pela Taça Libertadores de Amércia.

O crime ocorreu por volta das 22 horas de terça-feira (02) na rua Silvério Augusto Tavares, no bairro Bela Vista, região do Polvilho, em Cajamar.

O guarda municipal está de licença da Prefeitura e utilizou arma própria no crime. A Prefeitura condenou o ato e informa que o caso será investigado pela Polícia Civil.

Após o assassinato dos dois que estavam participando de um churrasco e acompanhando a partida do Corinthians, o autor acabou fugindo em uma moto.

Segundo informações obtidas pela equipe da delegada de Cajamar, Luciana Raffaelli Santini, autor e vítimas estavam participando de um churrasco na casa de um guarda municipal.

A equipe da Perícia da Polícia Científica constatou que cada vítima morreu com um tiro de revólver na cabeça. Os corpos estavam distantes 15 metros, um do outro.

Um dos guardas municipais que participava da reunião de amigos disse que ao ouvir os tiros pensou que era alguma brincadeira. Mas depois viu os corpos das vítimas.

O guarda municipal está foragido. Os corpos das vítimas foram levados para exames necroscópicos no Instituto Médico Legal (IML) de Franco da Rocha.

 

%d blogueiros gostam disto: