Polícia Civil de Cabreúva evita golpe contra empresa

Os investigadores da Delegacia de Polícia Civil do Jacaré, em Cabreúva, comandados pelo delegado Ruiter Martins da Silva, evitaram um grande golpe contra empresa de Curitiba (Paraná).

A empresa vendeu móveis para um comércio de Cabreúva.

Logo em seguida, o responsável pela venda resolveu entrar em contato com a loja de produtos agropecuários que teria feito a compra, para saber se estava tudo certo com a entrega, sendo informado de que não tinham realizado a aquisição dos produtos.

A partir daí o comerciante de Curitiba achava que tinha caído em golpe na venda de duas mesas de escritório, um balcão de atendimento e dois gaveteiros volantes, além de uma estante de aço e um armário.

Ao avisar a Polícia Civil de Cabreúva, o investigador chefe, Cristiano, mobilizou a equipe e passaram a fazer buscas ao percurso realizado pelo caminhão, para a entrega.

Os policiais civis chegaram até um endereço e quando encostaram a viatura, pela janela aberta avistaram os móveis guardados.

O dono do imóvel foi chamado e respondeu que outra pessoa havia “alugado” o local para guardar produtos para venda. Ele não sabia que eram “roubados”.

Levado até a Delegacia de Polícia Civil, o homem foi indiciado pelo crime de Receptação de Mercadoria Furtada.

Agora a Polícia procura pelo comparsa e pelos responsáveis pelo golpe.

 

%d blogueiros gostam disto: