Integrantes do PCC sequestram dois homens para julgamento no “Tribunal”

Um morador de Francisco Morato, de 37 anos, procurou a Delegacia de Polícia Civil de Campo Limpo Paulista para relatar que conseguiu se jogar de carro em movimento próximo da Prefeitura, na Marginal do Rio Jundiaí, e fugiu de um bando do PCC, que pretendia levá-lo para o “Tribunal”, no Jardim São Camilo, em Jundiaí.

Esse homem relatou ao delegado Felipe Bueno Carbonari que o bando também “arrebatou” outro homem no percurso, no bairro São José, em Campo Limpo,

Disse que quatro homens o renderam em Morato, questionando onde estava o “documento” de um Golf, que vendeu para parceiros do crime.

A vítima relatou que estava “correndo atrás” do documento junto ao Detran e seria julgado no São Camilo.

Já o outro homem foi arrebatado no bairro São José, em Campo Limpo Paulista. Ele foi violentamente espancado pelos sequestradores, que alegaram que estava “roubando na área”.

O desconhecido foi levado no carro dos marginais e a vítima conseguiu fugir e pediu ajuda na Delegacia.

O caso será apurado agora pelo Setor de Investigações Gerais de Campo Limpo.

%d blogueiros gostam disto: