DENARC apreendeu 300 quilos de maconha na Vila Ana, em Jundiaí

A equipe do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (DENARC), chefiada pelo delegado Arnaldo Rocha Júnior, da Capital, concluiu a contagem dos tijolos de maconhas apreendidos na Vila Ana, ao lado da Rodoviária de Jundiaí, no final da tarde de sexta-feira (28). O total de entorpecentes apreendidos chegou a 300 quilos.

De acordo com o delegado, foram 318 tijolos de “TETRAHIDROCANNABINOL (THC)”, o que representa segundo os policiais em droga “pura’, que poderia ser misturada com outros produtos para revenda a viciados.

A operação, segundo Arnaldo Rocha Júnior, foi possível a partir de investigações da Conexão Jundiaí – Bragança Paulista.

A Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Jundiaí, chefiada pelo delegado Marcel Fehr, realizou apreensões do grupo, inclusive com operação na tentativa de localizar os chefes do tráfico, ainda neste ano.

Troca de tiros

Os policiais do DENARC tinham informações sobre um carregamento que chegaria em caminhão na cidade de Pedra Bela.

Por lá, observaram um Gol, com placas de Bragança Paulista, que carregou os tijolos com as drogas. O motorista é um morador de Bragança, de 49 anos.

A Equipe Falcão apurou que o traficante se deslocava para entrega em Jundiaí.

No bairro da Vila Ana a equipe seguiu o Gol até uma rua sem saída, sendo surpreendidos por um segurança do bando que reagiu à ação, ocorrendo troca de tiros.

Um homem foi preso. O outro, de 33 anos, foi baleado e um terceiro que estava armado fugiu.

O baleado foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital São Vicente de Paulo.

A pedido do delegado, o Comando do 11º Batalhão cedeu um policial militar para ficar de escolta no hospital até que o traficante receba alta.

O veículo VW/Gol estava completamente carregado com tijolos de maconha em caixas, num total apurado na sede do DENARC em 318 tijolos, com peso bruto de 305,65Kg.

Os policiais civis prestaram depoimento, relatando a dinâmica dos acontecimentos.

O delegado determinou a prisão em flagrante do traficante preso e do baleado no confronto, que está no hospital.

As investigações prosseguem para localizar os comparsas do bando.

O delegado também requisitou a apreensão do Gol, para exames periciais.

%d blogueiros gostam disto: