Alexandre de Moraes determina desbloqueio das rodovias

(UOL/FOLHAPRESS) – O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes ordenou nesta segunda-feira (31) à noite que a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e policias militares dos estados desobstruam todas as rodovias bloqueadas desde domingo (30) por caminhoneiros bolsonaristas, movimento que atinge mais de 20 estados no momento.

Moraes ressaltou que a decisão é de caráter imediato e, se não for cumprida, resultará em multa de R$ 100 mil para o diretor-geral da PRF, Silvinei Vasques, a partir da meia-noite do dia 1º de novembro. Além da penalidade, o ministro pede “afastamento do Diretor-Geral das funções e prisão em flagrante de crime” e fala em “omissão e inércia da PRF” para resolver a situação.

Desde domingo à noite, caminhoneiros bolsonaristas fecharam trechos de rodovias em ao menos 20 estados para contestar o resultado das eleições, que deu vitória a Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Pedidos por um golpe de Estado do Exército para deixar Bolsonaro no poder fazem parte do movimento e causaram o isolamento da Esplanada dos Ministérios para evitar a escalada da situação.

Nesta segunda à noite, decisões da Justiça Federal determinaram a liberação de rodovias bloqueadas por caminhoneiros em quatros estados: Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul.

De manhã, a PRF disse que acionou a AGU (Advocacia-Geral da União) para conseguir liberar estradas bloqueadas.

%d blogueiros gostam disto: