Polícia Civil de Louveira prende padrasto por estupro da enteada de 7 anos

Sob o comando do delegado Roberto Souza Camargo Júnior, policiais civis de Louveira prenderam nesta quinta-feira (24) um padrasto que abusava sexualmente da enteada de 7 anos.

A mãe da criança suspeitou que havia algo de errado com a filha e procurou o Pronto Atendimento da Prefeitura. Lá, a médica constatou o estupro e chamou a Guarda Municipal.

Os guardas encaminharam a ocorrência ao delegado, que requisitou a prisão temporária do autor à Justiça.

O delegado, que esclareceu e prendeu um pedófilo na quarta-feira (23) em Itatiba, agora recebeu autorização para levar para a Cadeia o autor de mais esse crime hediondo.

A criança vai passar por psicólogos da Prefeitura de Louveira.

A menina contou para equipe da Saúde que era só a mãe sair, para trabalhar, que passava a ser abusada sexualmente pelo padrasto.

Ela disse ainda que os abusos começaram no mês de setembro deste ano.

Se não fosse a mãe ter desconfiado do comportamento estranho da filha, que mudou de repente, a criança continuaria sendo abusada pelo padrasto.

 

Mãe descobre que a filha de 11 anos era usada por rede de pedófilos

 

%d blogueiros gostam disto: