Novo piso garante conforto para grupos de ginástica

“Ficou muito bom! Não escorrega, é confortável, fácil de limpar e muito bonito”. Esses são os elogios repetidos pelas praticantes de aulas de ginástica no Complexo Esportivo Benedito de Lima, no Retiro, que recebeu a instalação do piso modular há duas semanas. O material, que tem maior absorção do impacto, conta com garantia de 10 anos, é de fácil manutenção e com qualidade ambiental superior às pinturas convencionais realizadas em quadras de concreto.

Dona Emília Carneiro, 86 anos, pratica atividades físicas no local há 14 anos. Para ela, o piso modular instalado no local – onde pratica caminhada e exercícios de ginástica às quintas-feiras pela manhã – deixou a atividade física mais fácil. “Esse piso é bastante confortável para caminhar. Eu tenho desgaste nos joelhos e não são todas as atividades que eu consigo fazer, por isso, esse piso está me ajudando muito”, conta.

Com 23 anos de práticas de atividades físicas, Leda de Fátima Souza Miotta, 61 anos, também está satisfeita com o investimento realizado no espaço pela Prefeitura de Jundiaí. “Além de ficar bonito, melhorou para a nossa prática de ginástica. Antes, o piso escorregava em algumas ações. Agora não temos essa dificuldade. A atividade esportiva devolveu a saúde para mim. Só busquei pelo esporte quando tive orientação de médico por conta do colesterol, hipertensão e o cansaço. Hoje estou renovada”, explica.

Para a educadora física Adriana Sagrillo, lotada no “Benedito de Lima” há 17 anos, o investimento foi comemorado. “As alunas estão muito felizes com o espaço, que ficou com cara nova. O conforto proporcionado pelo piso durante as atividades é nítido. Como educadora, fico muito feliz em saber que mais espaços estão recebendo o mesmo investimento”, explica.

De acordo com cronograma disponibilizado pela Unidade de Gestão de Esporte e Lazer, além do Benedito de Lima, o Romão de Souza, – nas duas quadras externas do complexo – também já conta com o sistema de piso. Outros equipamentos também irão receber as placas e material modular: Francisco Dal Santo, Aramis Polli, Antonio de Lima, José De Marchi, Francisco Gastaldo, Mário Milani, Nilo Avelino Macedo e Vanderlei Antonio Sperandio. O investimento médio por unidade é de R$ 50 mil.

“O material é de alta qualidade e durabilidade. São 10 anos de garantia de fábrica para o produto, que é extremamente rápido de ser instalado. Cada espaço demora, em média, quatro dias para estar pronto para o uso. Na comparação com o processo de pintura convencional, a rapidez, a durabilidade e o conforto promovido pelo piso modular coloca o material em extrema vantagem competitiva”, argumenta o gestor de Esporte e Lazer, Luiz Trientini