Cerco de Jericó no Eloy Chaves terá Dunga e muito louvor

O cantor Dunga, que por anos participou como membro da Canção Nova, é uma das presenças confirmadas no Cerco de Jericó da Paróquia São João Bosco, no Eloy Chaves, em Jundiaí. Com o tema “Vigiai e Orai”, os encontros começam nesta segunda (2) e vão até domingo (8), sempre iniciando com a Santa Missa (segunda à sexta, às 19h30; sábado e domingo, às 18 horas).

Compositor, pregador, escritor e apresentador da TV Canção Nova, Dunga faz parte de um grupo que conta ainda com cantores e pregadores de diversas partes do Brasil, como Davidson Silva, Alessandra Santos, Antonieta, Dema Marçola e Dinei Gesel.

“A cada ano, o Cerco de Jericó tem atraído mais fiéis. Sempre se testemunham graças atendidas durante a semana de oração”, destacou o pároco, padre Michael Henrique.

Um espaço será montado na área externa da igreja para comportar com conforto todo o público. No local também haverá praça de alimentação com pastéis, refrigerantes e lembrancinhas do evento.

 

Cerco de Jericó

 

No Antigo Testamento, depois da morte de Moisés, Deus escolheu Josué para conduzir o povo hebreu. Deus disse a Josué que atravessasse o Jordão com todo o povo e tomasse posse da Terra Prometida.

A cidade de Jericó era uma fortaleza inexpugnável. Ao chegar às muralhas de Jericó, Josué e todo Israel executaram fielmente as ordens recebidas de um anjo: durante seis dias, deram uma volta em torno da cidade. No sétimo dia, deram sete voltas.

Durante a sétima volta, ao som da trombeta, todo o povo levantou um grande clamor e, pelo poder de Deus, as muralhas de Jericó caíram.

A paróquia São João Bosco fica na avenida Benedito Castilho de Andrade, 1091, no Parque Eloy Chaves.