Jovem é sequestrado e morto com dois tiros na cabeça

A Polícia Civil identificou o rapaz encontrado com duas perfurações de tiros de revólver na cabeça. O corpo foi jogado nas águas de um rio na Estrada Santa Cruz, no bairro Campo Largo, em Jarinu.

A vítima é o morador do próprio bairro Campo Largo, Matheus Henrique da Silva, de 17 anos.

A mãe do jovem procurou o delegado Elias Evangelista Jr para informar que o seu filho estava na praça da cidade, à tarde, conversando com amigos, quando apareceram dois homens que o sequestraram. Os desconhecidos levaram Matheus para um Fiesta, de cor prata, com vidros escuros.

A mãe foi informada por testemunhas e procurou a Polícia Civil, quando soube que havia um rapaz sem identificação morto em rio.

O delegado mostrou fotos do corpo encontrado nas águas e a mãe reconheceu como sendo o seu filho.

O caso está sendo apurado agora tanto pela equipe do delegado Elias Evangelista, de Jarinu, quanto pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), de Jundiaí, com o delegado Carlos Eduardo Barbosa e policiais Gigio, Vanessa, Mário e Taliba.

Quem tiver informações pode passar para o telefone 181 do Disque Denúncia.

O corpo do rapaz foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí para ser necropsiado e nesta sexta-feira (06), à tarde, será liberado para sepultamento em Jarinu.