PM prende ladrão que atacava carros dos Correios

Policiais militares do 11º Batalhão de Polícia Militar do Interior receberam informações através do Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) de que indivíduos ocupando um GM Kadett, na cor vermelha, teriam tentado efetuar roubo contra um carro dos Correios pela Rua Angélica Queiroz Guimarães, em Jundiaí, mas com a chegada da escolta fugiram sem levar nada.

A vítima informou que já havia visualizado o GM Kadett pela Rua Manoel Mendes, em datas anteriores e que reconheceu um dos ocupantes do veículo como sendo o autor de outro roubo que sofreu.

Com base nos dados transmitidos pelo Copom, os policiais militares se recordaram de um atendimento de ocorrência de violência doméstica pela Rua Manoel Mendes, dias anteriores, onde o acusado possuía um GM Kadett na cor vermelha e que sua esposa havia declarado para a equipe que o marido estaria utilizando o veículo em práticas de roubo pela região.

Foi realizado patrulhamento para localizar o veículo nos bairros Vila Maringá e Boa vista, sendo avistado em movimento e abordado.

Realizada busca pessoal e veicular, nada de ilícito foi localizado.

Uma outra equipe policial compareceu no local da abordagem e realizou contato com a vítima, que reconheceu o veículo e também o abordado como sendo um dos homens que tentaram efetuar o roubo ao carro dos Correios.

O mesmo indivíduo foi o responsável pelo roubo à mesma vítima em data anterior pela Rua Califórnia.

Após uma breve entrevista policial, o detido confessou os crimes e relatou que utilizava uma arma de Air Soft para a prática criminosa, confessou também o roubo a um caminhão do Sedex pelo bairro Vila Maringá, em Jundiaí.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão ao indivíduo e antes de conduzi-lo ao plantão policial, seu primo, um adolescente, contrariado com a prisão, passou a ofender e desacatar os policiais militares, sendo também dada voz de apreensão ao adolescente.

Conduzidos ao plantão policial de Jundiaí, foi elaborado boletim de ocorrência sobre a tentativa de roubo, ficando o detido à disposição da Justiça.

Já o adolescente foi apresentado pelo desacato, sendo elaborado boletim de ocorrência sobre o ato infracional.