Brincadeira da “rasteira” deixa várias vítimas pelo País

Uma adolescente de 16 anos morreu depois de bater a cabeça no chão ao cair durante uma brincadeira e outros dois adolescentes sofreram traumatismo craniano, nesta semana.

A menina que morreu foi no final de 2019. Os dois rapazes foram nesta semana e sofreram traumatismo craniano.

A brincadeira consiste em dar rasteira em uma pessoa que fica no meio da “brincadeira”.

Durante o giro, a pessoa cai de costas e bate a cabeça no chão.

A brincadeira vem se repetindo em todo o País e compartilhada nas redes sociais.

Há vários relatos de pessoas desmaiadas e com traumatismo craniano.