Asfalto afetado pelas chuvas no São Camilo é reparado

A construtora responsável pela obra de interligação viária que integra o projeto de urbanização do Jardim São Camilo, já iniciou os reparos dos danos causados ao asfalto por conta das fortes chuvas dos últimos dias. O ponto afetado fica próximo ao viaduto da Rua João Pinheiro dos Santos e o alto índice pluviométrico acima do esperado acarretou a acomodação mais acelerada do solo já compactado, resultando na movimentação do talude e o destacamento da emenda entre a sarjeta, guia, calçada e asfalto.

Com 98% da obra de interligação viária do Jardim São Camilo já concluída, a obra é uma responsabilidade da FUMAS, e trará maior mobilidade aos moradores do bairro, com a nova rua começando na parte baixa do bairro (Rua Pedro Ravanhani) e saindo no Jardim da Fonte (Rua Ângelo Rivelli).

A Construtora Versátil já iniciou as primeiras providências no local com a aplicação provisória de uma nata de cimento nos pontos onde surgiram as rachaduras, para impermeabilizar a área e evitar maiores danos que poderiam ser causados pela umidade.

A superintendente da FUMAS, Solange Marques, reforça que a nata de cimento é apenas uma solução provisória. “Na próxima semana, com o tempo um pouco mais seco, a Construtora Versátil já nos informou que o trecho afetado será refeito”, acrescentou, lembrando que todo o reparo não trará ônus algum ao município.

Além da avaliação técnica dos engenheiros responsáveis pela obra, a equipe da Defesa Civil também esteve no local verificando as condições de estabilidade da via e do talude, liberando a área para continuidade da obra. Para segurança dos motoristas que transitam pela rua, o local foi sinalizado e o lado afetado da via foi interditado, com a passagem de veículos autorizada apenas pelo lado interno.