Duas crianças de Várzea estão com suspeita de Coronavírus

A cidade de Várzea Paulista registrava, até a manhã desta terça-feira (17), quatro casos suspeitos de Coronavírus.

O prefeito da cidade, Juvenal Rossi, disse que infelizmente há duas crianças nessa lista.

Uma delas tem apenas dois anos e a creche onde frequenta, no Jardim Cruz Alta, teve dispensa de todos os alunos da sala, e acompanhamento deles à distância pela Vigilância Sanitária.

Durante o dia soltaram muitas “fake news”, inclusive envolvendo a morte de um morador da cidade.

A Prefeitura vai aguardar exames para saber a causa da morte. O corpo do cidadão foi encaminhado ao Serviço de Verificação de Óbito (SVO) da Prefeitura de Jundiaí, que funciona no Cemitério do Montenegro e atende Várzea por meio de convênio.

O prefeito Juvenal determinou a suspensão das aulas, de atividades envolvendo os idosos e outras medidas para evitar aglomerações, como o cancelamento da festa de aniversário do município e inauguração de creche que teria a presença do governador João Doria.

Casos suspeitos

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que os casos suspeitos precisam ser acompanhados e divulgados, para a população se prevenir. É preferível colocar em quarentena todas as pessoas próximas.

Na primeira morte ocorrida em São Paulo, segundo o ministro, o vírus matou o paciente em seis dias e ele não estava na lista de pessoas com suspeita.