Músico faz arrecadação durante live e destina ao São Vicente

Em meio às orientações de isolamento social para prevenção do covid-19, a internet se tornou a principal ferramenta de comunicação entre a população. Para descontrair, muitos artistas têm realizado as famosas lives, transmissão de shows realizados em locais alternativos e sem o público, para evitar aglomerações. E foi a partir disto que o músico jundiaiense Marcelo Gut, teve a ideia de fazer sua live para arrecadar verba para instituições de saúde, entre elas, o Hospital São Vicente.

“Faço shows sertanejos em casamentos e conheço bastante gente devido à minha profissão. No início do mês anunciei em meu Instagram que faria a live e pedi indicações de lugares que eu poderia beneficiar com esse valor. Recebi diversas mensagens e entre elas estava a da Dra. Bruna, que sugeriu o São Vicente”, explica Marcelo.

A médica geriatra Bruna M. Fernandes atua na unidade de Cuidados Paliativos do HSV e conta que a relação com a instituição é de muita admiração. “O São Vicente sempre foi minha segunda casa. O Marcelo além de ter tocado no meu casamento, sempre tocava nas festas da Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ), onde tive minha primeira formação. Quando fiquei sabendo da ação, logo pensei no São Vicente. O hospital tem sido referência no atendimento do covid-19, não só para os pacientes de Jundiaí, mas também da região. Sou uma das médicas que está na linha de frente, pois também faço plantões na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e vejo nosso dia a dia, sei da importância das contribuições para trazer benefícios, não só para os pacientes, mas para todos que trabalham no hospital”.

A doação foi no valor de R$ 1.072,00, que será investido em Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e outros insumos utilizados no combate ao coronavírus. No total, o cantor conseguiu arrecadar mais de R$ 3.000,00, que foram divididos entre quatro instituições. “Foi um dos sentimentos mais gostosos da minha vida. Foi emocionante ver a bondade das pessoas durante a live, doando o que podiam para ajudar a causa. Por meio da minha arte, da minha música, pude contribuir. A ação foi maravilhosa, com uma energia sem igual. Agradeço todos que participaram e me ajudaram com a arrecadação, fui uma ferramenta para que isso chegasse até quem mais precisa”, conta o cantor.