Morre Antônio Galdino

A Associação dos Aposentados de Jundiaí e região informa que faleceu nesta terça-feira (02) o seu ex-presidente, Antonio Galdino, que foi uma das figuras mais importantes na luta pelos direitos dos aposentados e pensionistas no País.
Galdino nasceu em 25 de março de 1932, em Pinhal, interior de São Paulo. Foi vereador por três legislaturas em Jundiaí. De 1960 a 1963, pelo PSB; de 1997 a 2000 e de 2001 a 2004, pelo Partido dos Trabalhadores (PT) de Jundiaí.
Galdino foi um dos precursores do movimento pela conquista dos 147%, em 1991. Participou de diversas entidades em defesa dos aposentados.
Entre as principais atuações, Galdino presidiu a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí e região por três gestões. Foi também eleito presidente da Federação dos Aposentados e Pensionistas do Estado de São Paulo (Fapesp) e secretário-geral da Confederação Brasileira dos Aposentados e Pensionistas (Cobap).
A sede da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Jundiaí foi construída e inaugurada durante sua gestão.
Antonio Galdino, que há anos residia em Campinas, deixa a esposa Deolinda França, dois filhos e netos.
O corpo de Antonio Galdino será velado e sepultado em Jundiaí. Ainda não há detalhes sobre horário do sepultamento. Pelas regras de sepultamento durante a pandemia do Coronavírus o Velório é realizado com permissão de entrada de pequeno grupo de pessoas.
%d blogueiros gostam disto: