Prefeitura esclarece que é o Estado quem define grupos para vacinação

Na quinta-feira (18) ocorreu manifestação de profissionais da área Social da Prefeitura de Jundiaí no Paço Municipal. O grupo que está na linha de frente no atendimento às famílias em situação de vulnerabilidade e de afetados pela Covid, pede vacinação já. O mesmo ocorre com os motoristas de ônibus, com pedido feito pelo presidente da categoria, Paulo Ataíde.

A Prefeitura de Jundiaí informa que representantes do grupo da área Social foram recebidos pelo gestor da Unidade de Gestão da Casa Civil (UGCC), Dr Gustavo Maryssael; de Governo e Finanças (UGGF), José Antônio Parimoschi, e de Negócios Jurídicos (UGNJC), Fernando de Souza.

Durante o encontro foi explicado o protocolo de vacinação praticado por Jundiaí.

A cidade segue o Plano Nacional e Estadual de Imunização, com a aplicação das doses aos públicos determinados pelo Governo Federal e do Estado de São Paulo.

As doses são ‘carimbadas’ e determinadas para os grupos definidos como prioritários.

Sem prejuízo, o Município fez uma consulta formal à Secretaria de Estado, por entender pertinente o pleito formulado do grupo.

%d blogueiros gostam disto: