Marido é preso por agredir a mulher em Jarinu

Uma moradora da Fazenda Campo Verde, na cidade de Jarinu, de 48 anos, ligou para o número da Guarda Municipal de Jundiaí, pedindo socorro porque estava sendo vítima de agressões do marido, um jardineiro de 47 anos.

O atendente do serviço de emergência do 153 orientou a vítima a ir para um ponto de ônibus e aguardar a chegada de uma viatura. Em seguida ele entrou em contato com a central da GM de Jarinu, pedindo o deslocamento de uma viatura até o local combinado.

Quando os guardas de Jarinu chegaram encontraram a mulher com vários ferimentos no corpo.

Ela relatou que o marido sua desferiu chutes, socos, mordidas e puxões de cabelos.

Diante da situação os guardas municipais de Jarinu foram até a residência e realizaram a prisão do jardineiro, que foi conduzido até a Delegacia de Polícia Civil da cidade.

A delegada do Plantão Regional de Polícia Civil em Jundiaí, Lucimara Taveira Bittencourt, não teve dúvidas com relação às agressões e o relato da vítima que há muito tempo sofre violência doméstica – mas tinha medo de denunciar o marido.

A delegada determinou a prisão em flagrante do agressor sem fiança, ficando à disposição da Justiça.

Mulher denuncia companheiro por agressões