Gabriel Medina conquista o tricampeonato mundial de surf

Em um dia histórico para o surf brasileiro, Gabriel Medina celebrou o seu tricampeonato mundial, na última terça-feira (14), em Trestles, Califórnia (EUA).

Medina enfrentou Filipe Toledo na final inédita da WSL, disputada em formato de mata-mata e em três baterias finais, na qual venceria o melhor de três.

O local de Maresias, no entanto, não chegou no terceiro confronto para definir o resultado. Medina liderou o segundo confronto do início ao fim contra Toledo, e antes mesmo de chegar ao terceiro confronto, consagrou o seu tricampeonato com 8.50 e 9.03 pontos, contra 7.83 e 8.53 pontos de Toledo.

Com o resultado, Medina entra para o seleto grupo de tricampeões mundiais da história –  Andy Irons, Tom Curren e Mick Fanning. O maior vencedor do Championship Tour é o americano Kelly Slater, com 11 títulos mundiais.

“Me sinto muito feliz. É a realização de um sonho. Hoje é um dia especial pra mim, eu tinha esse sonho na minha mente há muitos anos. Toda honra e glória para Deus e trabalho duro; ser paciência; deixar o surf falar; não sou muito bom em falar, prefiro surfar. Precisei surfar muito para vencer esse título mundial,” disse Medina na entrevista pós-bateria.

Além disso, pela primeira vez, três brasileiros fazem pódio no circuito mundial nas posições de 1º, 2º e 3º lugar respectivamente com Gabriel Medina, Filipe Toledo e Italo Ferreira.

No feminino, a havaiana Carissa Moore Carissa Moore venceu a brasileira Tatiana Weston-Webb e garantiu seu quinto título mundial de surf.