Consultas e cirurgias podem ser canceladas pela Saúde do Estado

O aumento no número de casos gripais e da Covid-19 tem provocado suspensão de cirurgias eletivas por parte dos Ambulatórios Médicos (AMEs) e dos hospitais regionais, mantidos pelo Governo do Estado. Em Jundiaí, o Hospital São Vicente está remarcando cirurgias por causa do número de casos de gripe.

O Governo de SP informa que monitora ininterruptamente os indicadores da pandemia e capacidade de atendimento do SUS, priorizando atendimento a casos de urgência e emergência. Assim, consultas, cirurgias e procedimentos eletivos (não urgentes) podem ser reagendados ou reprogramados caso a caso, segundo orientação médica e quadro clínico do paciente. Por ora, não há orientação para suspensão de atendimentos.

Profissionais afastados

A Secretaria de Estado da Saúde conta com mais de 172,3 mil profissionais, dos quais 1.833 estão afastados por confirmação ou suspeita de Covid-19 e outras síndromes respiratórias.

A pasta orienta que, quando necessário, as unidades façam remanejamentos internos, além de contratação de plantões extras e reforço das equipes terceirizadas.

Cirurgias eletivas são canceladas no HSV

%d blogueiros gostam disto: