Atletas da região garantem ouro no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu

Nesta última semana o atleta de Campo Limpo Paulista Júlio Martins, mais conhecido como Julinho Martins, foi campeão do principal campeonato de jiu-jitsu realizado em solo nacional, o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu realizado pela Confederação Brasileira de Jiu jitsu (CBJJ).

O evento foi realizado no Ginásio José Correa na cidade de Barueri, São Paulo, e começou no dia 6 de maio e foi até o dia 15 de maio. No campeonato haviam mais de 7 mil atletas inscritos.
Julinho entrou em ação no último dia no último dia da competição, dia 15, na categoria Infato Juvenil 3, pesado, faixa verde. Para garantir a medalha de ouro, o atleta precisou vencer três combates. Na primeira luta venceu um atleta da cidade do Rio de Janeiro, após estar vencendo a luta por 11 a 0, Julinho finalizou seu oponente com um triângulo (estrangulamento).

Já na semifinal, Julinho venceu um adversário carioca que fez sua preparação para o Campeonato Brasileiro em Abu Dhabi, Julinho saiu vitorioso desta luta por 3 vantagens a 1. Na grande final, para conquistar o seu tetra campeonato, Julinho venceu um adversário da cidade de Itaquacetuba, São Paulo, por 1 vantagem a 0.

“Fiquei muito feliz em ser campeão em uma categoria com excelentes atletas, estou muito feliz com o meu rendimento, e feliz por alcançar o meu quarto título brasileiro”, disse ele..
Agora o Julinho Martins foca os treinos na Segunda Etapa do Circuito Paulista da Federação Paulista de Jiu-Jitsu (FPJJ) que será na cidade de Osasco, São Paulo, nos dias 3, 4 e 5 de junho.

Destaque de Itupeva
O atleta itupevense Jhonatan Lima Sanches, de 14 anos, também garantiu medalha na competição. Ele foi campeão da categoria Infanto Juvenil 3 Médio.

Para o atleta, a conquista é a realização de um sonho. “Eu vinha me preparando há um ano para essa competição, lutei muito para conseguir estar aqui e a sensação de ter ganho é muito boa, já que era meu sonho ganhar esse campeonato. Agora vou me preparar para as próximas lutas e competições”, disse Jhonatan.

O atleta começou a lutar jiu-jitsu em fevereiro de 2021 a convite de um amigo, e após fazer a primeira aula, não parou mais. Alguns meses depois, decidiu que iria disputar campeonatos e participou do CUP BJJ, onde se consagrou campeão. A partir disso, ele participou de mais oito campeonatos, sempre se destacando, se classificando e estando no pódio.

Jhonatan treina na academia Keisei Itupeva, com o treinador Tiago Koch, e entre as conquistas dele estão uma medalha de prata no Campeonato Mundial da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo (CBJJE), medalha de bronze no Pan Americano de Jiu-Jitsu Esportivo, entre outras.

“Nós, como família, temos muito orgulho em vê-lo se destacando cada dia mais e se empenhando naquilo que ele gosta de fazer, que é a luta. Ele tem um amor muito grande pelo Jiu-Jitsu”, contou o pai de Jhonatan, Rodrigo Sanches.

Mais vitórias
Guilherme Ferrarezi Botrel, de 29 anos, também conquistou pódio na competição. “Treino Jiu-Jitsu a 9 anos (somando dois períodos pois fiz uma pausa de 4 anos devido a faculdade e retornei em 2015), sempre fui fanático em competição, com três meses de treino competi pela primeira vez e sigo competindo até hoje. Participei de grandes campeonatos dentro e fora do país mas o Brasileiro da CBJJ é especial, todo ano que se inicia o foco é sempre ele, o maior campeonato nacional, com atletas de todos os estados até mesmo de outros países e desde 2016 venho buscando esse pódio que quase consegui em 2019, quando fiz 5 lutas e fui parado mas quartas de final, porém esse ano foi especial.”

Depois de uma sequência de boas competições, o atleta chegou mais confiante nesse ano, e depois de 5 grandes lutas conquistou o título de Campeão Brasileiro na categoria Master 1 Faixa Marrom Peso Médio. Na final ele conseguiu encaixar uma finalização em apenas 30 segundos. “Foi a realização de um sonho! No absoluto (campeonato no mesmo dia que envolve todos os atletas que chegaram ao pódio de todas as categorias de peso ), após 3 lutas fiquei na terceira colocação, com ótimas lutas também.”

Além do título do Brasileiro, ele também conquistou nesse ano:
Copa Preto e Branco em janeiro- Campeão na Categoria e Vice-Campeão no Absoluto
Premium Cup BJJ em fevereiro- Campeão na Categoria
1° Etapa Circuito Paulista de Jiu Jitsu em abril- Campeão na Categoria e no Absoluto

%d blogueiros gostam disto: