Representantes de lojas de conveniências são indiciados por venda de produtos vencidos

Os fiscais do Procon, que atuaram junto com o Instituto de Pesos de Medidas (IPEM) e a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí constataram irregularidades em pelo menos duas lojas de conveniências de postos de combustíveis da cidade. Os policiais da DIG encaminharam os representantes desses postos para indiciamento na sede da especializada, no bairro do Anhangabaú.

Os dois comerciantes pagaram fiança de R$ 3 mil para responderem processos em liberdade.

Na primeira loja de conveniência os fiscais encontraram garrafa de água com gás, garrafas de Coca-Cola, de Guaraná e salgadinhos da Elma Chips, vencidos e que estavam expostos para comercialização.

O Procon-SP emitiu auto de constatação e apresentou a queixa crime contra o consumidor na Delegacia de Polícia.

No segundo posto visitado pelos agentes foram encontradas 16 latas de cervejas Antarctica vencidas, duas latas de Itaipva, seis de Brahma, seis Petra e um refrigerante Fanta.

O representante também recebeu voz de prisão pelo delegado Carlos Eduardo Barbosa Soares e também pagou fiança de R$ 3.636,00 para responder ao processo da Justiça em liberdade.

Os produtos vencidos foram apreendidos e serão encaminhados ao Fórum de Jundiaí, junto com as documentações do Procon.

Caso o cidadão identifique algum estabelecimento que apresente irregularidades nos combustíveis, a denúncia pode ser feita para a Ouvidoria do Ipem-SP pelo telefone 0800 013 05 22, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, ou pelo e-mail ouvidoria@ipem.sp.gov.br.

Caso o consumidor identifique alguma irregularidade em produtos, de qualquer estabelecimento, já vencido, pode entrar em contato com o Procon. o site de denúncias é o Portal do Consumidor

%d blogueiros gostam disto: