Estradas vicinais no Corrupira recebem pavimentação

Após a conclusão do asfalto ecológico da avenida Isabel Campos Nilsson, no bairro dos Fernandes, a Prefeitura de Jundiaí deu início aos trabalhos para a pavimentação da avenida Luiz Pereira dos Santos, no bairro do Corrupira. A via rural é uma das cinco estradas vicinais que serão contempladas com o asfalto ecológico. A obra faz parte do projeto “Caminhos Sustentáveis”, uma ramificação do Programa “Mais Asfalto”. O investimento total é de aproximadamente R$1,5 milhão. O bairro ainda se prepara para receber a nova avenida Marginal da Ferrovia que se conectará com o novo viaduto.

Outra via que pertence ao Corrupira e recebeu o asfalto ecológico é a avenida Nilo Tracci. Com quase 50% executada, a obra está em fase de reforço do subleito e de construção das sarjetas. Para esta via, o investimento fica em torno de R$ 2,2 milhões.

“O asfalto ecológico é uma tecnologia que agrega a qualidade com a sustentabilidade. A sua aplicação irá trazer, além da economia, uma melhora na mobilidade para todas as pessoas que trafegam nessas regiões”, comenta o Gestor de Infraestrutura e Serviços Públicos, Adilson Rosa.

Ainda dentro do Programa Caminhos Sustentáveis, estão previstas a pavimentação das avenidas Guilherme Porcari, no bairro Medeiros, e Antônio Maziero, no bairro Ivoturucaia. O investimento total para a realização da pavimentação dessas cinco vias foi de R$ 12 milhões, sendo mais da metade vindos de recursos próprios.

“A melhoria das vias rurais é importante, pois auxilia no escoamento da produção do agricultor, na mobilidade e na segurança dos munícipes que ali trafegam, além de valorizar os imóveis em toda a região”, explica o Gestor de Governo e Finanças, José Antonio Parimoschi.

Mais Corrupira
A Prefeitura de Jundiaí finalizou a limpeza da região onde passará a avenida Marginal da Ferrovia. A nova via terá 1 km de extensão e após finalizada, permitirá o acesso à região do bairro Corrupira pelo novo viaduto que será construído sobre a rodovia Vereador Geraldo Dias, na altura da avenida André Costa, até a avenida Nicola Acciere, ao lado da Igreja Nossa Senhora Auxiliadora.

Os projetos para a construção de viaduto no Corrupira, foram aprovados pelo Estado, Rumo (concessão da linha férrea) e encaminhados para o DNIT, órgão federal para a publicação no Diário Oficial da União.

Também nos próximos dias será iniciada a terraplanagem em terreno ao lado da igreja para a transferência do salão paroquial, para a passagem da via. As intervenções contarão com recursos do município, Estado e de contrapartidas. O início das obras de construção do viaduto depende, portanto, da publicação no Diário Oficial da União.

%d blogueiros gostam disto: