JORNAL DA REGIÃO

JUNDIAÍ E REGIÃO

Alunos promovem sarau e bate-papo com escritora

Leitura, música, declamação de poema, pré-lançamento de livro e bate-papo com escritora marcaram o sarau promovido nesta terça-feira (6) pelos alunos dos terceiros anos da escola municipal Antônio de Pádua Giaretta, no Jardim Carlos Gomes. A atividade, além de integrar as ações de fomento à leitura – uma tradição do Programa Escola Inovadora -, encerra projetos desenvolvidos ao longo do ano na EMEB.

“A pandemia de Covid-19 mudou muitos hábitos, inclusive os de leitura. Para incentivá-los e mostrar a importância da prática e o que ela oferta, realizamos vários projetos envolvendo toda a comunidade escolar. Para fechar, os alunos estão compartilhando o que aprenderam, em um evento especial”, contou a coordenadora pedagógica Andrea Rinco Favaron.

As apresentações encantaram e emocionaram. Os estudantes também entrevistaram a intérprete de libras e professora da escola Valdinéia Nascimento, que lança neste mês o livro “Felicidade”, onde traz a experiência de três amigos e promove a inclusão a partir da versão digital com tradução em Libras e audiodescrição para cegos.

O evento foi realizado pelos alunos dos terceiros anos

“Eu amo ler e agora aprendi como é para escrever um livro. Também estou muito feliz em ver as apresentações dos meus amigos. Foi tudo muito legal”, resumiu Iza Nicole Britto Oliveira, de 9 anos.

“Neste ano, resgatamos procedimentos leitores, com vivências na biblioteca, leitura ao ar livre, descoberta de vários títulos, entre outras atividades. Em um evento em que os alunos são os protagonistas, eles nos presentearam com muita cultura, mostrando o quanto assimilaram a proposta. Encerramos o projeto com muita alegria e satisfação”, comentou a professora Maria Betânia dos Passos Rozzon.

Investimento
Neste ano, para ampliar ainda mais os projetos de leitura das escolas municipais de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), com investimento de R$ 291 mil, a Unidade de Gestão de Educação (UGE) adquiriu 36 mil sacolas para que todos os estudantes matriculados levem para a casa, todos os finais de semana, a partir do Projeto Contém Sonhos, livros do acervo escolar para a leitura juntamente com os seus familiares ou responsáveis.

Também foi lançado o projeto Diálogos Embalados Personalizados, que consiste na assinatura anual de um clube de livros destinados à formação dos educadores e à composição do acervo da biblioteca do educador das escolas da rede, e encontros bimestrais com autores dos livros, para discutir as percepções e indagações causadas pela leitura. O investimento foi de R$ 42 mil.

%d blogueiros gostam disto: