Velórios devem durar apenas uma hora

O prefeito de Jundiaí determinou, por meio de decreto de Estado de Calamidade, que os funerais nos velórios da cidade devem ser limitados a apenas uma hora de duração.

Durante o velório apenas dez pessoas podem ter acesso ao falecido, para a despedida.

Ele justificou que a medida visa evitar riscos de contaminação. Os órgãos públicos devem ter álcool gel para uso das pessoas.

Luiz também disse que todos os ônibus em circulação e vans, devem ser higienizados diariamente.

Decreto 28.926/20

Art. 5º Fica determinado que a Fundação Municipal de Ação
Social- FUMAS organize um escalonamento dos horários dos velórios e determine que tenham a duração de 1 (uma) hora para sua realização, podendo permanecer no local apenas 10 (dez)
pessoas ou até de 30% (trinta por cento) da sua capacidade máxima, com recomendação para adotar o sistema de rodízio, a fim de evitar a aglomeração de pessoas, conferindo -se preferência
aos parentes mais próximos do velado.

Parágrafo único. Os cemitérios permanecerão fechados durante o período de duração da calamidade pública, exceto para a realização de sepultamentos.