Pavimentação em via no Ivoturucaia está 90% concluída

Um dos bairros limítrofes de Jundiaí, Ivoturucaia está localizado na região Leste de Jundiaí. Com parcela da área ainda produtiva rural, o bairro recebe investimentos em Infraestrutura e Educação pela Prefeitura de Jundiaí. Entre as obras em andamento, está a cobertura da quadra poliesportiva da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Professora Luzia Francisca de Souza Martins e a drenagem, pavimentação e iluminação da avenida Julius Pauli, que liga o bairro à região da Colônia. Na escola, 79,35% dos serviços estão finalizados; já a pavimentação 90%.

Claudionor Galego, 78 anos, mora na avenida Julius Pauli há mais de 30 anos, mesmo período que esperava pelo asfalto. “Aguardamos por essa obra há muito tempo. Hoje, ver o asfalto acontecer é motivo de alegria”, comenta.

Os serviços foram vistoriados pelo Prefeito Luiz Fernando Machado, acompanhado pelos gestores das áreas na manhã desta quarta-feira (29). “Ambas as obras foram iniciadas no mês de fevereiro e vêm sendo executadas no prazo estabelecido. A quadra coberta na escola oferece mais um espaço para aprendizagem dos alunos. No caso da pavimentação, significa melhores condições de mobilidade urbana para os moradores”, avalia o prefeito.

A unidade de ensino, construída em 2008, não passou por reforma anteriormente e recebe 680 alunos entre 4 anos a 10 anos. “O espaço da escola é grande e é possível implementar várias brincadeiras direcionadas ao ar livre para o desenvolvimento motor e cognitivo. A Educação inova ao propor desafios para que as crianças, e, desta forma, as prepara para os anos futuros”, comenta a gestora da Unidade de Gestão de Educação (UGE), Vastí Ferrari Marques.

De acordo com o gestor adjunto da Unidade de Gestão de Infraestrutura e Serviços Públicos, Ademir Pedro Victor, o asfaltamento da via de 1.650 metros de extensão tem 11,42 mil metros quadrados de obra mais 4,2 mil metros de calçadas, 29 pontos de verificação e 52 bocas de lobo. “O asfalto usado na pavimentação é ‘ecológico’, tendo em sua composição restos da fresagem (raspagem) de outras obras de recapeamento. Este reaproveitamento do material tem importância para o meio ambiente e também gera economia de recursos aos cofres públicos, além de garantir qualidade de vida para quem mora em ruas, antes, de terra”, salienta. O investimento na drenagem e pavimentação é de R$ 3,9 milhões.

Também acompanharam as vistorias os vereadores Rogério Ricardo e Rafael Antonucci.