Pais aprovam qualidade de material escolar da Prefeitura de Jundiaí

“Essa pandemia deixou tudo muito difícil. Sou costureira, mas estou parada. O material escolar vem em boa hora. É um custo a menos. A qualidade é boa e minha filha vai sim fazer bom proveito de tudo”, comenta a mãe da Mirella Mendes, 10 anos, Fabiola Fernandes, moradora do bairro Mato Dentro, sobre o kit de material escolar entregue pela Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão de Educação (UGE).

Menina ao lado de mulher carregando material escolar
Mirella e a mãe Fabiola gostaram dos itens entregues

Neste ano, cerca de 39 mil kits de material escolar foram adquiridos e enviados para as escolas para serem destinados aos estudantes. O investimento foi de R$ 859.058,20. Os materiais foram comprados de acordo com a faixa etária. Os itens são individuais e podem ser levados para a realização das atividades em casa. Além de cadernos com capa dura e para desenho, o kit contém lápis de cor, giz de cera, cola, canetas hidrográficas, entre outros artigos de uso educacional.

“Eu adorei meu caderno vermelho e o lápis de cor. Gosto de estudar e estou feliz”, falou a aluna da EMEB Irmã Flórida Mestag, Mariana Lima de Gouveia, de 8 anos. A mãe Rosicleide Nascimento de Lima também ficou satisfeita com os itens. “Minha filha fica bem animada com tudo novinho. Essa entrega do kit é muito importante para nós, pois é uma economia. Os cadernos são bonitos. Tudo é muito bom”, destacou.

Criança olhando caixa de lápis e mulher ao lado
Mariana e Rosicleide ficaram animadas. Mãe da aluna enfatizou a importância de receber o kit

Igualdade
Além de economia para as famílias, o kit de material escolar promove a igualdade entres os alunos. “É muito importante. As famílias aguardam e, para a escola, também é muito bom ao garantir que todas as crianças tenham o material. Todos com a mesma oportunidade”, enfatizou a coordenadora pedagógica, Débora Scapinelli, da EMEB Flórida.

A gestora de Educação, Vastí Ferrari Marques, lembra que nos próximos dias também deve ser entregue nas EMEBs os livros que serão usados pelos a alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. A UGE investiu R$5.729.182,00 na aquisição, para completar a remessa enviada pelo MEC, por meio do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), e garantir que não ocorra falta de livros para as crianças.

“A preocupação em ofertar o material básico, os livros e os uniformes para os estudantes também faz parte do Programa Escola Inovadora, que tem como foco a oferta de Educação de qualidade e formação continuada para os educadores. Sabemos que é um investimento que reflete na aprendizagem e no pleno desenvolvimento de nossos meninos e meninas”, completa Vastí.